Bem vindos.

O blog agradece à todos a visita e a leitura. Sintam-se a vontade.

domingo, julho 08, 2012

UFC 148 - "A luta do século" mostra como UM lutador campeão deve SER.

Antes de algum análise e conversa, deixo com vocês a luta em si. Assistam e reflitam



Depois de acompanhar visivelmente a luta e a vitória INCOMPARÁVEL e INCONTESTÁVEL do Anderson Silva, podemos agora falar sobre.

Não tenho porque ser prolixo ou ficar me prolongando, o fato é que: Considerado o melhor lutador da atualidade AINDA detem o título dos pesos médios.

Anderson Silva NÃO tem o físico que vários outro lutadores tem e mesmo parecendo "menor", ele possui os atributos necessários para a vitória. É mestre em artes marciais, ALGUMAS e consegue focar a mente no que mais importa no momento. Mesmo com toda a algazarra criada pelo Chael Sonnen, nosso campeão NÃO levou isso para o ringue e, no palco onde é sobrerano, castigou seu oponente.

A luta foi rápida? Sim. O juiz acabou ela adiantada? Como brasileiro que queria ver mais do castigo, digo que sim. Mas nada disso é completamente verdade. Eu teria acabado a luta na hora em que Anderson segura Sonnen na grade. Depois da joelhada e das cotuveladas certeiras, os dois se levantaram, mas o americano já NÃO TINHA MAIS condição de continuar. Os golpes dele passam no vazio, ele não sabe onde o brasileiro está e CAI. Melhor, Chael Sonnen DESABA. A luta é dominada COMPLETAMENTE quando o falastrão não consegue levar o Spider ao chão, quando começa a trocação aos 1m e40s do 2º round e nosso Silva abaixa os braços. Ali ele já tinha o controle e sabia o que fazer.

Sonnen dominou o 1º round, mas no 2º começou sem concentração e parecia mais um boi enfurecido tentando acertar o que estivesse a frente e Silva percebe isso.

O descontrole e a ignorância perdem pelo domínio e conciência.

Para mim Anderson Silva não precisa provar mais nada. Minhas dúvidas se findaram nessa madrugada. Mesmo ele sendo o campeão por ANOS, eu tinha outros favoritos, mas depois dessa luta. PUTZ, não há como negar a superioridade dele.

Parabéns ao Spider e toda sua equipe de treinamento. Vocês elevam o esporte que me agrada desde muleque.

domingo, fevereiro 26, 2012

8 "trens" que geral NÃO sabe sobre mim.

Existem certas coisitas que galera NÃO sabe ou imagina que acontece comigo ou que gosto ou que faço. Um dia, há um bom tempo atrás, li em um site/blog que curto pakas - Um Passinho A Frente - um post que alguns "blogueiros" falavam sobre coisas que poucos sabem sobre eles. resolvi fazer uma lista das 8 coisas que não sabem sobre mim, mas escrevi, não publiquei, sumi com tal lista, achei e resolvi "reescrever" e publicar agora. Seguem as 8 coisas que poucos conhecem ao meu respeito. São SOMENTE 8 coisas, então quem ler, CLARO LÓGICO EVIDENTE irá saber, mas muito ainda existe sem que muitos saibam, então tá de boa.

1 - Dente quebrado:
     Em uma bela tarde do dia 11 de julho de 1998 (acredito que a data seja essa mesma) eu e um punhado de amigos, estavamos em um clube, nos preparando para jogar basquete. 1ªmente teriamos que arrumar a cesta, pois estava virada. Nos dividimos para endireita-la. O caboclo aqui viu que o camarada do lado oposto tinha virado a cesta, se pendurando nela enquanto uma pessoa o puxava pelas pernas para o lado. Um cara já subia no gol, que estava embaixo, mas eu disse que iria fazer o mesmo que fizeram do outro lado, me pendurando à cesta. Enquanto dois caras me puxavam pelas pernas, eu observava que nada se mexia (LÓGICO, o "poste" estava inferrujado e não teria como virar), mas minhas mãos começavam a não aguentar a força das puxadas, pedi para pararem enquanto tetava segurar mais firme. Começaram a puxar novamente e eu ia dizendo para irem com calma, até que CATAPLOFITE, caio e me estabaco com a cara no chão, alguns disseram que eu parecia ter morrido. Uma das minhas irmãs me virou e viu uma pequena poça de sangue no chão, meu rosto, na região da boca e queixo, estava bem ensaguentado. Por uns 10 ou 15 segundos eu não me mexi. Depois que abri os olhos, lá estavam minhas duas irmãs, me olhando assustadas, ao abrir a boca, parecia que eu estava sem dentes. Uma amiga nossa (que hoje é dentista) encontro um dente INTEIRO (o do lado do canino) e disse para guardarmos, pois acreditou que poderiamos reutiliza-lo, mas um dos dentes dianteiros tinha quebrado. Na hora me levaram ao hospital. Chegando lá, a única coisa que eu sabia falar era que tinha um sorriso lindo e logo depois meus pais chegaram e tudo foi se ajeitando. Ambos os dentes parecem que precisam de uma "reforma" ou cuidados (já se passaram quase 14 anos), pois o de porcelana JÁ CAIU uma vez e o recolocado "sofre" de reabsorção óssea, LOGO, terei que implantar um dente (na verdade dois implantes). Enfim, terei dois hospedes na boca FOREVER.

2 - Gosto musical:
     Que eu AMO Rock'N'Roll TODOS que me conhecem já sabe, que AMO Blues, alguns já sabem, mas que eu curto pakas Loreena McKennitt e Enya, POUCOS são os que tem conhecimento. Também curto pakas o Supla (tenho até o cd que ele lançou quando saiu da casa do artistas há "trocentos" anos atrás) e já falei MUITO "Papito" por ai.
Gosto também de música erudita, meditativas e aquelas peruanas (aprendi com meu Pai).

3 - Não enxergo de longe e não escuto direito algumas coisas:
     Fato consumado que não consigo enxergar de longe, e observem que o longe não precisa ser muito longe assim. Ônibus chegando no ponto só percebo que é o meu exatamente no momento certo para não perder, faixas, placas, tudo que necessito observar à duas esquinas ou até mesmo do outro lado da rua (tudo depende do tamanho das letras), são coisas, também, que não enxergo plenamente, mas NÃO USO ÓCULOS. Não é por não gostar, é por teimosia mesmo de ir em um oftalmo e fazer exame.
     Quando fiz o exame para tirar carteira, o médico disse que iria precisar usar óculos em minha próxima avaliação, na tal avaliação seguinte, o médico em questão não disse nada, mas já senti que a visão estava diferente, sorte minha que durante os anos entre uma avaliação e outra fiz alguns "testes oculares", forçando o meu enxergar de longe. Hoje eu tenha crença de que minha visão que já era defeituosa, está pior, eu até consigo ler algo longe, mesmo sem enxergar direito, mas é porque as vezes consigo combinar algumas letras visíveis.
     Sobre o não escutar, digo que não escuto direito. Quando alguém fala algo comigo, quando eu não esteja prontamente prestando a atenção ou quando falam baixo (o falar baixo muitas vezes é para mim, já que todas as outras pessoas escutam tranquilamente), peço algumas vezes para repetir. Em sala de aula (sou professor), os alunos costumam repetir o que falam, e mesmo assim acaba que tenho que me aproximar. Mas o interessante de tudo, é que, em determinadas situações, o menor barulho (mesmo) me chama a atenção, mas não sei explicar isso.

4 - Hoje prefiro as morenas:
     Durante anos, minhas irmãs tinham CONVICÇÃO de que eu era apaixonado por louras. Tenho que confessar de que gostava MESMO de louras, mas nada que justificasse alguma predileção. Costumava que muitas mulheres que achava bonitas eram louras, natural ou artificialmente. Hoje em dia costumo achar muito mais as morenas lindas, mas acredito que isso pode ter sofrido influência de um coração partido. Não descarto tal possibilidade.
     Há tempos vislumbro maravilhado as moças de pele clara e cabelos negros, é algo que mexe MUITO comigo. LÓGICO que ruivas existem para embaralhar nossas convicções (o homem que NÃO se sente atraido por ruivas precisa rever teus conceitos), mas outra certeza que temos, é que gostamos MESMO de mulher, independe de qualquer estilo capilar...

5 - Já fui um cara extremamente tímido em relação às mulheres e sou um narcisista meia boca:
     SIM, sempre fui um camarada tímido, podem duvidar hoje em dia de tal fato, mas a verdade implacável é que já fui um caboclo que NÃO conseguia converar direito, de forma interessante com as mulheres. Não que meu papo fosse ruim, não era, mas meus assuntos não eram um primor de simpatia, não era aquele assunto mais atraente.
     Com o tempo identificamos que a ATITUDE tem muito mais sex appeal do que certos assuntos e até mesmo do que a beleza em si, mas para sustentar isso e saber como lidar, foi preciso "destruir" MUITAS vergonhas.
     Minha timidez NÃO é algo que foi suprimida 100% (sim, existe momentos de inibição), mas já consigo disfarçar tal aspecto inerente em meu ser.    
     Como um tímido pode ser narcisista? Simples, tal narcisismo é exatamente o que combate a timidez e NESSE CASO, é um narcisismo mais ou menos.
     Grito aos 4 cantos, às 4 dimensões (ou 10, 11) que sou narcisista, mas na verdade seria mais uma válvula de escape, não sou tão egocêntrico assim não, kkkkk.

6 - Já tive medo exagerado do Jason Voorhees (6ª feira 13):
     Durante dois anos, após assistir ao 6º feira 13, parte 6, pensava que poderia encontrar com o Jason em qualquer esquina escura ou durante momentos em que estivesse sozinho (eu tinha meus 10, 11 anos, mereço um desconto). Escurecia e já imagina que o cara com um facão poderia me perseguir e me matar. Tal medo só foi acabar depois que me confessei (SÉRIO). Muitos outros medos meus, foram vencidos quando os enfrentei de frente. Medo por exemplo de ficar em algum lugar sem alma viva por perto, no escuro, no meio do mato. Já fiz questão de ir até uma floresta de eucaliptos (de bicicleta, perto de onde já morei), por volta das 21:00, e fiquei durante 30 minutos, escutando os barulhos noturnos do mato, para vencer tal medo. Hoje digo que pouca coisa me assusta, MESMO, de verdade e isso inclui pregar peças ou tentar assustar (seja o tipo que for). VÁRIAS, ou mesmo TODAS as pessoas que tentaram, não conseguiram.

7 - Ignorância e o óbvio me incomodam MUITO:
     Fico indignado com o grau de estupidez humana para com a obviedade. Algumas pessoas AMAM citar coisas, apontar coisas, discutir coisas, ÓBVIAS. As vezes fico emputecido quando exageram no discurso sobre algo que está À VISTA.
     Sei que muito do que parece óbvio para alguém, pode não ser para outros, mas minha reclamação é sobre aquilo que É MESMO óbvio à todos em comum. Quase que chega a ser um pleonasmo físico, literal.
     E isso abrange também a questão da ignorância, seja por burrice ou brutalidade. Seja pelo camarada ignorante que ignora alguma coisa ou o camarada raivoso. É deveras dificil conviver com alguém assim, ainda mais que eu considero que a "ignorância (NÃO) é um benção". Sou completamente a favor da pílula vermelha.

8 - Depois de adulto, percebi o quanto sou ausente em relação à amizade:
     Hoje tenho MUITOS AMIGOS que moram perto e que pouquíssimas vezes frequento a casa deles ou simplesmente os visito. Um dos meus melhores amigos mora na MINHA RUA, à uns 4 quarteirões de distância e fui somente 2 vezes na casa dele em mais de 1 ano...
     Quando era novo, um mero adoscelente, ou mesmo um jovem rebelde, eu visitava MUITO aqueles que tenho amizade, ou mesmo ligava diariamente ou semanalmente, mas atualmente (há alguns anos), eu tenho ficado meio que na dívida com aqueles que deixei entrar em minha vida. Tenho sido ausente com aqueles que cativei e me cativaram durante meus 33 anos de existência. Mas ok, nem isso me separa deles e com VÁRIOS ainda tenho a mesma intimidade escrachada que possuia quando nos viamos quase que cotidianamente.
     SIM, sou apaixonado pelos meus melhores amigos e assim serei eternamente, até que a morte nos separe.

sábado, janeiro 14, 2012

segunda-feira, janeiro 02, 2012

Rockeiros...

Rapaziada, creio que o tempo tem feito mal à algumas pessoas. Sério que fico me perguntando como é possível alguém ficar nessa louca, ensandecida motivação de se julgar entendedor de tudo, não só menosprezando o conhecimento do outro, como também tendo a convicção de que aquilo que gosta é EXTREMAMENTE superior àquilo que o outro possue, ou prefere. No frigir dos ovos, venho me deparando, HÁ ANOS, com a incapacidade de alguns sujeitos de perceber que a vida é um profundo aprendizado e que NADA é tão eterno como se pensa e ou se defenda hoje. Isso vale para qualquer pessoa. Uma verdade inconveniente, mas real. A eternidade é só para os eternos.

Gostar de alguns estilos, respeitar outros, ter preferências, experimentar, tudo isso faz parte do cotidiano múltiplo de quem curte algo no campo musical. Mas existem indivíduos que insistem em imputar um conceito dominante e descriminante sobre o que o outro curte ou não.

CLARO, LÓGICO e EVIDENTE que alguns curtem zoar e encher o saco, mas o que se vê MUITO por ai são pessoas que não aceitam MESMO o gosto do outro. Eu sou um exemplo transparente de quem gosta de zuar, mas sério que me ofende MUITO quando sou desrespeitado por alguém que gosta daquilo que não gosto. Eu NÃO gosto, então NÃO me enche com isso. Sou daqueles que respeitam a máxima: "Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las. - Voltaire". Não curto o que tu gosta, mas defendo que tu goste, mas por obséquio, NÃO ME OBRIGUE a nada.

NUNCA obriguei alguém a escutar o que eu gosto nem deixei o som alto demais para alguém se sentir incomodado, mas essa "discussão" infinita entre "rockeiros" e funkeiros pelo facebook, é um pé no saco e me dá margens para postar algo no blog sobre isso. No dia 01/01/2012, escutei, creio que "inteira", a 1ª música do Slipknot, meio que através da Pekena Ludmila Pires. Sim, é uma música deprimente, mas a música, letra, voz, e por ai vai, deu gosto:
Snuff - Slipknot

Passei o dia escutando algumas músicas deles e curti MUITO o vocal do Corey Taylor.

Há uns 10 anos atrás, eu era meio que "obrigado" a escutar de alguns pirralhos, que EU não gostava de rock e ELES sim, pois eu não curtia Sepultura e afins. Sinceramente eu ficava até que ofendido, mas ok, eu tinha apenas 23 anos e me importava com isso. A minha resposta HOJE para o que eles diziam seria: "Muleke remelento, cê tem a petulância de dizer que é rockeiro e eu não, mas saiba que, enquanto tu ainda mamava no peito da tua mãe, eu já tinha "tocado" há tempos, usava camisa de flanela, já tinha pulado em vários "mosh", já usava barbicha, espremia espinha ao som de Iron Maiden e desenhava o Eddie, fazia um som com o violão, vivi na época em que "The Unforgiven" (to falando do 1º, não do 2º e MUITO MENOS do 3º) foi escrito, e que durante um tempo foi a música que mais amava no mundo. Então fica quietinho ai que tu não sabe nem quando está com fome". Hoje, tem uma galerinha ai que diz que é rockeiro e VOLTA a me encher o saco dizendo que eu não sou. Mesma história, hoje muleke escuta Slipknot e System Of A Down e se acha o FODEROSO, o rockeiro que se veste de preto. Tanto Slipknot quanto System, são bandas JÁ de muito tempo, ambas do início da década de 90, mas tem nego ai que faz de conta que é da geração deles... BULLSHIT¹.

Tem alguns que acreditam que é só se vestir de preto, usar cabelo comprido, camisa com alguma estampa de banda METAL que o "rock" percorre nas veias e será visto como um rebelde... BULLSHIT². Existem alguns que usam tais camisas e não conhecem a música mais conhecida da tal banda.

Rock'N'Roll tem a ver com atitude, com revolução, com evolução, com desenvolvimento e ainda, atualmente, tem a importância de ser visto como um ritmo que DONOS DE EMPRESA tem levado em consideração para contratar novos funcionários. Não se vê ou se fala de outros ritmos da MESMA FORMA, mas ISSO não vem ao caso, eu sou MUITO suspeito a falar bem, pois SOU ROCKEIRO. Quem gosta de Sertanejo, Pagode, Brega, Forró, Dance, Pop, Funk, etc, acha graça em algo disso tudo, eu não...

Sobre a "briguinha de puxar cabelo" no face, é HILARIANTE Funkeiros tentar "rechaçar" o que alguns "rockeiros" tem reclamado. Como que um funkeiro pode dizer que o rock leva alguém às drogas ou ao suicídio ou à algo violento? Muitas letras de alguns grupos são deprimentes ou MUITO pra baixo? Sim, aceito, mas sério, é NISSO que será embasada a crítica deles? a reclamação "nossa" é de que uns DESOCUPADOS boçais, ADORAM ficar sem fone de ouvido, dentro de um bus, escutando algo, MUITAS VEZES, extremamente pornográfico ou mesmo sem NADA construtivo. Essa é a principal reclamação contra TAIS PESSOAS.

Digo também, aos "pseudo-rockeiros" que ficam postando reclamações, DEIXEM com os que gostam MESMO de rock ou conhecem fazerem isso. NÃO ADIANTA se pautar por UMA banda ou UM estilo de Rock'N'Roll. Existem VÁRIOS e SEMPRE há algo de muito bão, alguns tem mais coisas boas do que outros, mas creio que possa haver em TODOS. Esse é meu ponto de vista no momento, pode ser que com o tempo algo aqui mude, a vida é um eterno devir ou um eterno retorno, só depende de você. O lance é, se tu tem MAL GOSTO pra música, fiquei SÓ PRA VOCÊ, não importune os outros. Se tem bom gosto, 1º saiba se o outro quer MESMO gostar disso também. Respeito galera. RESPEITO.

segunda-feira, agosto 29, 2011

UFC RIO

SIM, é CLARO que tenho que escrever algo sobre. Escrevi sobre a luta do Anderson contra o Belfort e digo que essa luta TAMBÉM deve ser comentada.

Não assisti no dia, durante a luta estava em uma formatura junto à Dona Maria, mas meu camarada Leonardo foi transmitindo com primor os resultados na medida em que aconteciam.

Enquanto esperávamos o momento de sair de casa para ir à festa, ainda consegui assistir à DEMOLIÇÃO do Minotauro contra um oponente que parecia ser o mais difícil da noite. Mas foi tranquilo. Um belo de um socaço na fuça e uma metralhadora de socos desferidos logo em seguida, faz com que o Brendan Schaub caísse AO CHÃO. Não podemos nos esquecer que o Minotauro tinha se recuperado de 3 cirurgias e estava há um ano sem lutar no octógono. Levou o título de melhor nocaute da noite.

A luta do Edson Barboza Júnior também foi muito boa. Gosto PAKAS do estilo dele, não é a toa que é um Muay Thai PURO, SECO, LEGÍTIMO. Não foi por nocaute, mas foi uma luta muito boa e ganhou o título de melhor luta da noite.

A luta do Shogun foi um caso a parte pois era a ÚNICA em que eu não botava fé. A derrota dele anterior me fez descrer um pouco dele, mas a MARTELADA sem cessar desferida no rosto do Griffin foi algo de MUITO, mas MUITO FODA. Posso começar a torcer para ele.

As outras lutas, que não fizeram parte do Card Principal, parece que foram muito boas, mas não vi todas, a maioria acabou por pontos, mas uma em especial, que assisti, foi a luta de Erick Silva contra Luis Ramos. O Ramos ficou ATORDOADO e NÃO percebeu que perdeu a luta.

Bom, vamos a luta principal, a que o Brasil e o Mundo estava esperando. O Brasil, para CONFIRMAR a supremacia e o Mundo por querer acabar com o queridinho do todo poderoso do UFC Dana White (legal essa camisa dele no avatar do twitter, tem o ROCKY, meu ÍDOLO).

Anderson Siva era o favorito e NÃO desencantou. Derrubou o japonês com tranquilidade. O mais legal foi que o pŕoprio Anderson percebeu isso, percebeu que a luta estava ganha e que era só esperar o momento certo e desferir O golpe. A luta começa meio truncada, mas depois, antes mesmo do 1ª round acabar, o brasileiro já domina. Acerta alguns socos, um chute, mas o gongo toca, a luta poderia ser definida ALI, sorte do Japa.

O 2º round é TODO do brasileiro. Começa a intimidar o Okami, PERCEBE que o intimida visivelmente e acerta o golpe que poderia dar inicio a um nocaute, mas deixa para depois. Durante esse tempo de intimidação, ele baixa a guarda (o que NÃO teve o ar de petulância, teve o ar de EU SEI QUE JÁ VENCI e não preciso me cansar, é só esperar um vacilo). O segundo soco acertado leva o oponente ao chão e então a luta e terminada ali, só foi para cima para finalizar um serviço que JÁ estava liquidado no início do 2ª round.

O 1º soco (Jab) acertou o lado direito do rosto e deixou o Japonês tonto, o 2ª soco (Cruzado), no meio do rosto o leva ao chão novamente e então Anderson Silva decide que a luta não precisa durar mais tempo.

Para quem ainda não assistiu (faça rápido, o youtube está retirando os links do ar), segue a luta em excelente definição.



Eu QUERO uma luta do Anderson Silva contra o Chael Sonnen (novamente). O americano é EXTREMAMENTE marrento e fala merda DEMAIS não somente contra os lutadores brasileiros, mas contra o povo brasileiro. O Chael poderia PERDER novamente e de forma humilhante agora, por NOCAUTE.

terça-feira, abril 26, 2011

Romantismo

Trocentas mulheres insistem em dizer que NÃO EXISTE homem romântico no mundo.

Ledo engano ao se referir à HOMENS de verdade, aqueles que AMAM e sabem que SÃO AMADOS.

Amor TRANSFORMA amor, amor BUSCA amor, amor ENCONTRA amor, amor SE RELACIONA com amor, amor NASCE do amor, amor CONSTRÓI amor.



Os homens românticos NÃO são difíceis de serem encontrados, eles NÃO estão escassos no mundo. Os homens românticos estão AO LADO das mulheres que amam.

Assisti à um vídeo pelo facebook que um "IRMÃO" meu postou e fiquei impressionado com a declaração de amor de um sujeito que cria TODO um aparato de EXPLOSÃO DE SENTIMENTOS.

Gostaria de compartilhar com vocês e que vocês entendam de uma VEZ POR TODAS, existem homens românticos sim, em suas particularidades, fazendo ENORMES declarações, ou apenas grandes, mas FAZENDO de alguma forma e do jeito que sabem.



SIM, creio que TODAS as mulheres gostariam de receber uma declaração assim, mas NÃO adianta "forçar" o teu homem a ser assim, o TEU homem fará algo romântico por você um dia, se NÃO fizer... Esqueça-o, ele NÃO é o homem da tua vida.

Não estou simplesmente dizendo que TEM que ser algo desse tipo, mas pequenas coisas, grandes coisas, muitas coisas que o homem faz por tua mulher, indica se ele a ama ou não. Isso é percebido ao longo do dia, ao longo da noite, ao longo da vida JUNTOS. O HOMEM que ama mostrará esse amor, INVARIAVELMENTE algumas vezes, enquanto estiverem juntos.

Mesmo em gestos pequenos, sorrisos, gargalhadas, choros, lágrimas, o AMOR de um HOMEM é percebido e ESCANCARADO...